Entenda: Prevenção do câncer colorretal - Salève

Notícias e Dicas

Entenda: Prevenção do câncer colorretal

Entenda: Prevenção do câncer colorretal

O câncer colorretal (intestino grosso e reto) é a terceira maior causa de câncer nos homens e a segunda nas mulheres, correspondendo a 10% de todos os tumores malignos no mundo. Afeta principalmente pacientes com mais de 60 anos e geralmente só apresenta sintomas quando a doença está avançada, muitas vezes sem perspectiva de tratamento curativo. Esses sintomas tardios são sangramento retal, alteração do hábito intestinal e no formato das fezes, dor abdominal, fraqueza e perda de peso.

De maneira geral, na evolução do câncer de cólon, inicialmente aparece o pólipo, que é benigno, não causa sintomas, mas pode se transformar em câncer nos próximos 5 a 10 anos. Se este pólipo for ressecado (retirado), a cascata de evolução para o câncer é interrompida. Cerca de 25% dos pacientes acima de 50 anos já têm algum pólipo no cólon.

Nesse contexto ressalta-se a importância da COLONOSCOPIA, que é o exame com maior acurácia para rastreamento desse tumor. O exame consegue diagnosticar o câncer, tratar alguns tumores precoces e principalmente rastrear e retirar os pólipos, que futuramente se transformariam em tumores malignos. O diagnóstico precoce é fundamental, pois reduz a mortalidade associada à doença. A colonoscopia é um procedimento seguro quando realizado em centros especializados e por profissionais capacitados, sendo o risco de complicações graves menor que 1/1000.

Todas as pessoas com mais de 45 – 50 anos (dependendo do protocolo adotado) devem realizar colonoscopia a cada 5-10 anos para rastreamento das lesões, desde que não haja contraindicação ao exame. A história familiar de câncer de cólon é um fator importante, podendo reduzir a idade do início do rastreamento.

Procure um gastroenterologista e se informe sobre esta doença. Previna-se!!

Referências:

1.      Issa IA & Noureddine M. Colorectal cancer screening: An updated review of the available options. World J Gastroenterol 2017; 23 (28): 5086-96.

2.      Vogel JD, Eskicioglu C, Weiser MR, et al. The American Society of Colon and Rectal Surgeons Clinical Practice Guidelines for the Treatment of Colon Cancer. Dis Colon Rectum 2017; 60 (10): 999-1017

3.      Mangas-Sanjuan C, Jover R, Cubiella J et al. Endoscopic surveillance after colonic polyps and colorrectal cancer resection. 2018 update. Gastroenterol Hepatol 2019; 209: S0210-5705(18)30314-5. doi: 10.1016/j.gastrohep.2018.11.001.

Deixe um Comentário

Categorias