Como suas atitudes podem prevenir o câncer de mama? - Salève

Notícias e Dicas

Como suas atitudes podem prevenir o câncer de mama?

Como suas atitudes podem prevenir o câncer de mama?

O outubro rosa começou nos Estados Unidos, mas hoje em dia acontece no mundo todo. Outubro é mundialmente conhecido como o mês de prevenção e conscientização sobre o câncer de mama, que é atualmente o segundo mais comum nas mulheres perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma.

O INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva) estima que só esse ano de 2018 existirão até 59.700 novos casos, número preocupante. Apesar de ser uma doença grave, alguns hábitos do dia a dia podem ser seus aliados na prevenção desse quadro e procura por uma melhor qualidade de vida.

Quando falamos de câncer é importante salientar que informação bem dada e diagnósticos precoces são as melhores formas de combate. A mamografia e ultrassom são os exames mais indicados na hora de diagnosticar algum tumor na mama. Pra você ter uma ideia, a mamografia consegue rastrear tumores com tamanho inferior à um centímetro, e quando encontrado precocemente até 95% dos casos são curáveis.

Mesmo que os órgãos mundiais de saúde reservem um mês dentre o ano inteiro para conscientizar a população sobre as particularidades dessa doença, seu estilo de vida nos outros onze meses possui grande influência na sua saúde. Por isso, trouxemos uma pequena lista de atitudes que você pode adotar hoje mesmo caso ainda não faça e atitudes que você deve cortar.

Atitudes para adotar:

Exercícios

A prática periódica de exercícios físicos faz bem para o corpo e mente de maneira geral. Mas pesquisas mostram que pessoas ativas fisicamente diminuem em até 23% as chances de desenvolver câncer. Encontre a modalidade que mais se aplica a você e movimente-se.

Amamentação

Caso você tenha a oportunidade de amamentar, amamente. O instituto World Cancer Research Fund, da Inglaterra, aponta que mulheres que amamentam seus filhos por pelo menos seis meses têm 5% menos chances de desenvolver câncer de mama; já que quando a mulher amamenta acontece o estímulo das glândulas mamárias diminuindo a quantidade de hormônios na corrente sanguínea.

Acompanhamento médico

De modo geral é recomendado que as mamografias sejam realizadas após os 50 anos, mas se existe algum caso de câncer de mama na família, pode ser necessário diminuir esse tempo. Se algum familiar foi diagnosticado com câncer de mama aos 40, o recomendado é que a prevenção e acompanhamento anual comece aos 30.

Atitudes para abandonar:

Estresse

Entre os principais fatores de riscos especialistas apontam estresse excessivo e frequente. Viver uma rotina agitada e estressante aumenta, quase duas vezes, as chances de desenvolvimento de câncer. Ainda que não se saiba por completo a relação de estresse com o surgimento do câncer, não dá pra negar que a ligação existe. Práticas de meditação e relaxamento podem ajudar a controlar esse fator.

Álcool

A Revista USP de dezembro/fevereiro de 2012/2013 traz um estudo onde mostra que o consumo de álcool é o fator de risco ligado à dieta mais importante no câncer de mama. O risco de câncer de mama aumenta diretamente em relação ao aumento do consumo de álcool, cerca de 10% para cada 10g por dia. Assim, mulheres que consomem cerca de 50g diárias de álcool (5 latas de cerveja) apresentam aumento de 50% do risco de câncer de mama em relação àquelas que não consomem bebidas alcoólicas.

Deixe um Comentário

Categorias